Tag : profissão

3 posts

5 mitos e 5 verdades sobre veterinária

cão.

Verdades:

1 – Muito estudo:

Já ouviu aquela conversa superdifícil entrar em medicina? Com veterinária não é muito diferente, e não tem essa de levar o curso na preguiça: quem não estuda fica pra trás mesmo!

2 – Dedicação diária:

A faculdade forma um veterinário generalista, mas com certeza, todos devem sempre fazer cursos de reciclagem e participar de congressos. Então,mesmo depois de formada é importante se atualizar, pois todos os dias são feitas novas descobertas na área.

3 – Diversas atividades:

O curso oferece diversas aulas práticas e teóricas:As atividades se dividem em: procedimentos clínicos e cirúrgicos; criação animal; e reprodução animal.

4 – Você pode ser:

Profissional liberal, autônomo proprietário, sócio ou empregado de empresa. Existe a necessidade de veterinários em todas as suas áreas de formação, seja em clinica, indústria ou pesquisa.

5 – Calma e segurança:

É importante ter o cuidado e ser honesta com o dono do animal, já que as pessoas ficam fragilizadas nesses casos. Um bom veterinário deve tentar ao máximo esclarecer a situação do  animal ao seu dono, mesmo quando o quadro não é positivo.

mintira

Mitos:

1 – Basta gostar de animais:

É preciso mais do que gostar. Muitas musicas ate deixam o curso descobrem que, as vezes, é preciso ser mais racional do que emocional para conseguir cuidar de um bichinho doente.

2 – Happy ending:

Nem sempre tudo sai como você gostaria. O veterinário deve lidar com todos os tipos de doença, e isso inclui situações difíceis nas quais um animal pode ate acabar sendo sacrificado.

4 – Trabalho garantido:

Existe, muita procura por profissionais da área hoje em dia,mas isso não significa que é fácil conseguir um bom trabalho. Por isso, se você quiser começar com pé direito, faça um bom estagio e fique esperta para aprender ao máximo.

5 – Especialização já!

Antes de escolher qual área gostaria de seguir – Grandes animais silvestres, pequenos animais e inspeção sanitária – ,saiba que o objetivo do curso é formar um veterinário que tenha conhecimento em todas as áreas de atuação. Então, sem pressa!



Como surgiu o dia do Enfermeiro

enfermeiros

Dia 12 de maio comemora-se mundialmente o Dia do Enfermeiro, em referência a Florence Nightingale, um marco da enfermagem moderna no mundo e que nasceu em 12 de maio de 1820. Já no Brasil, além do dia do enfermeiro, entre os dias 12 e 20 de maio, comemora-se a Semana da Enfermagem, data instituída em meados dos anos 40 em homenagem a dois grandes personagens da enfermagem no mundo: Florence Nigthingale e Anna Nery, enfermeira brasileira e primeira enfermeira a se alistar voluntariamente em combates militares.

A profissão tem sua origem milenar e data da época em que ser enfermeiro era uma referência à quem cuidava, protegia e nutria pessoas convalescentes, idosos e deficiente. Durante séculos a Enfermagem forma profissionais em todo o mundo comprometidos com a saúde e o bem-estar do ser humano. Só no Brasil, são mais de 100 mil enfermeiros, além de técnicos e auxiliares de enfermagem que somam cerca de 900 mil profissionais em todo país. Essas variações de cargos fazem com que mais profissionais se juntem ao setor e à novas possibilidades de trabalho nesta área.



PAGE TOP
Pular para a barra de ferramentas