Tag : pais

10 posts

Jovem decide morar em trens!

Por que ter uma casa se você pode morar dentro de um trem? Esta jovem alemã resolveu trocar totalmente sua rotina inovando com um estilo de vida minimalista!

Leonie_Muller_videndo_trem_05

A estudante alemã Leonie Müller começou a se questionar sobre viver em apartamentos, e sua decisão se concretizou após seu senhorio cobrar absurdamente mais de 450 dólares. Com isso a jovem decidiu buscar um estilo de vida minimalista e a oportunidade de morar em trens surgiu. Ela conseguiu um acordo onde pagaria cerca de 380 dólares por mês para embarcar em qualquer trem a hora que quisesse. Ela pode tomar banho, usar o banheiro, dormir, fazer suas lições de casa, até pedir pizza na estação, enfim, tudo que ela poderia ter em uma casa convencional, porém, mais econômica.

Leonie, de 23 anos, diz que viver nos trens deu-lhe muita liberdade e está curtindo cada momento enquanto vai para lá e para cá por todo o pais. – “Eu realmente me sinto em casa nesses trens e posso visitar muitos mais amigos e cidades“, disse ela. – “É como estar de férias o tempo todo. Eu leio, eu escrevo, eu olho para fora da janela e eu conheço pessoas agradáveis o tempo todo. Há sempre algo para fazer em trens“.

Todos os seus pertences agora cabem em uma única mochila, incluindo suas roupas, um tablet, documentos universitários e um saco sanitário. O resto de suas roupas e pertences ficam guardados na casa dos pais. O passe de um cabine no trem custa 1.400 reais por mês, enquanto ela costumava gastar cerca de 1.700 de aluguel no apartamento anterior. Mas economizar não é seu único objetivo. – “Eu quero inspirar as pessoas a questionar seus hábitos e as coisas que eles consideram normais“, disse ela. – “Há sempre mais oportunidades do que se pensa que existem. A próxima aventura está apenas à espera ao virar da esquina, desde que você queira encontrá-la. Vejam o meu caso, eu vivia estressada com o senhorio me enchendo o saco e agora só conheço pessoas agradáveis e que me tratam com mesuras“.

Leonie_Muller_videndo_trem_06

Quando ela pode, visita sua família e amigos, além de seu namorado. – “Normalmente, nosso relacionamento era de longa distância, mas vivendo em um trem me permite vê-lo quando eu quiser“, riu Leonie.

Muitos de seus amigos apoiaram sua decisão, alguns até seguiram. – “Outros, no entanto, reagiram mais negativamente“, disse ela. – “Eles se sentem ofendidos com o fato de que eu questiono o caminho normal da vida e de como viver a vida“, mas as críticas não a incomodaram muito.

Leonie está documentando sua experiência da vida no trem em seu blog no There You Are. Ela planeja mantê-lo por um ano, e, em seguida, escrever a sua tese de graduação universitária sobre a sua vida como uma nômade moderna. E para as pessoas que querem adotar um estilo de vida semelhante, ela sugere que parte do truque é ter um fone de ouvido para cancelar o ruído, pois assim envolvido na música e observando as paisagens cambiantes, a vida é melhor de ser vivida.

Blog:
• There You Are! Travel Blog


Stardoll está sendo processado na Suécia!

Na Suécia, o tribunal está investigando incessantemente o Stardoll, pois eles alegam que o site está fazendo um “marketing” agressivo contra as integrantes, em cima dos menores de idade.

Devido a isso o Stardoll está sofrendo uma multa de 1 milhão de coroas – que equivale aqui no Brasil á $318,600 +- ! O site decide que logo irá tirar o site do ar na Suécia!

Diretor Executivo do Stardoll

O diretor executivo do Stardoll disse:

“Eles estão nos dizendo que não pode enviar mensagens diretas para as caixas de entrada dos jogadores, o que eles dizem é o equivalente de envio de ofertas e promoções para as casas das pessoas.”

 

Segundo o tribunal da Suécia, eles estão usando a propaganda Stardoll de uma forma agressiva para as dolls menores de idade no jogo, ou seja, elas induzem as crianças a comprar cada vez mais e mais!Liza, doll da investigação

O tribunal resolveu investigar o jogo e criou uma doll chamada LIZA  para melhor adaptação.

Segundo eles, quando foram criar a conta o Stardoll disse que Liza só poderia ser cadastrada com o e-mail do pai/mãe por ser menor de idade.
Até aí, tudo bem, mas somente com o e-mail (que pose ser até falso), Liza se cadastrou no site, e pode fazer qualquer tipo de compra sem a autorização dos pais, ou seja, os pais não receberiam e-mail de confirmação, muito menos de compras!

“Só se o pai sente que há razão para desconfiar da carta enviada a eles e ao ler o contrato do usuário eles vão ver que o Stardoll envia marketing para a criança e que a criança pode comprar coisas no site.”

Depois de cadastrada nossa querida amiga Liza viu o vídeo tour, que dizia as vantagens da associação SuperStar.
O vídeo sugere, de acordo com a interpretação da Agência, que Liza poderia jogar sem pagar nada porém seria uma doll “simples”, e triste, como a boneca do vídeo se resume.

É possível optar por sair e continuar a jogar como um jogador normal, a agência notou, mas a partir daí, depois, a vida de Liza na comunidade virtual é atormentado por armadilha depois de armadilha.

Por exemplo, a agência apontou, quando Stardoll seduziu “Liza” com os presentes, quando ela tenta abrir diz que para abrir o presente ela tem que ser SS.

Quando “Liza” finalmente manda um SMS para obter mais crédito no site, ela recebeu a seguinte resposta: “Seja uma Superstar por mais tempo ainda Comprar semanas adicionais agora.”

O diretor executivo encerrou dizendo:

“Eu realmente não sei o que vamos fazer agora.”

E agora, Stardoll?
Créditos da notícia a Stardoll BR, adaptação, a mim!


PAGE TOP
Pular para a barra de ferramentas