Tag : comportamento

3 posts

Proteja os animais dos fogos de artifício

cachorro

Animais de estimação têm uma capacidade auditiva quatro vezes maior que a dos humanos e, por isso, alguns sentem muito medo dos estouros de rojões no final do ano.
O barulho é um dos grandes responsáveis por muitos acidentes com animais de estimação nessa época. O pânico desorienta o animal, que pode fugir e se perder do dono, sem conseguir voltar pra casa.

fogos

Fique ligado nas dicas para o Réveillon:

• Acomode os animais dentro da casa, onde eles possam se sentir seguros. Providencie um local iluminado.

• Feche portas e janelas para evitar fugas rápidas dos cães e gatos.

• Ofereça alimentos leves ao seu antes dos fogos. Distúrbios digestivos provocado pela agitação e pânico podem leva-lo a morte.

• Cubra gaiolas de pássaros com um lençol claro.

• Não deixe muitos cães juntos, pois, excitados pelo barulho, eles podem acabar brigando. Tente deixá-los em quartos separados para evitar problemas.

• Consulte um veterinário de confiança para saber sobre algumas medidas que podem tranquilizar seu bichinho nessas ocasiões, como tampões de ouvido e calmantes. Mas lembre-se: nunca dê medicamentos ao seu cão ou gato sem a indicação veterinária!


Cuidado! Animais de estimação sentem ciúmes e emoção.

tristeSe os animais percebem que estão sendo trocados por outro cachorro, por algum estranho ou até por um membro da casa, rosnam, choram ou ficam isolados. O comportamento não é fora do comum e tem nome: ciúmes. Animais de estimação são ciumentos e expressam suas emoções.

De acordo com o zootecnista, especializado em comportamento animal, Alexandre Rossi, o cão expressa ciúme com intuito de defender o que considera importante para ele. “É um comportamento instintivo que, de certa forma, está presente tanto em cachorros quanto em humanos.” O território, os objetos e o próprio dono são as preocupações dos cachorros.

Segundo Rossi, diante de uma situação que desperte ciúme, o cão pode reagir de duas formas diferentes. “Ele pode se afastar e perder o interesse pela situação ou tentar intervir, latindo, mostrando agressividade ou de algum outro jeito.”



PAGE TOP
Pular para a barra de ferramentas