Tag : azar

2 posts

Algumas superstições da sexta-feira 13

Vamos  recordar algumas superstições, mitos ou crenças que todos conhecem e outras menos conhecidas, mas bastante curiosas:

sexta_feira_13Arrepio – Se sentir um arrepio repentino isso significa que alguém acabou de passar por cima da sua futura sepultura.

Aniversário – Deve pedir-se um desejo ao cortar a primeira fatia do bolo de aniversário.

Árvore de Natal: queimar ou cortar uma árvore de Natal traz má sorte.

Bons desejos – Ao levantar, dê o primeiro passo com o pé direito para atrair boa sorte e felicidade.

Buda – O buda, virado para a parede, trás fortuna.

Cadeira: virar as cadeiras de pernas para o ar, faz com que visitas indesejáveis desapareçam.

Casamento – A maior parte das noivas ainda fazem o que a velha superstição manda: usar algo velho, algo novo, algo emprestado e algo azul no dia do casamento. O noivo não pode ver a noiva antes da cerimónia, senão não será um casamento infeliz, quem quer arriscar?!.

Carteira no chão – Não devemos colocar a carteira no chão se não quisermos perder dinheiro.

Cadeira de balanço: Deixar uma cadeira de balanço balançar sozinha é um convite para os demónios se sentarem nela

Copo: não se deve brindar com água, isso reverte os seus desejos; partir um copo em dia de festa, trás felicidade!

Chifre: ter um chifre em estabelecimento comercial, atrai clientes e dá boa sorte.

Chapéu: Colocar o chapéu sobre a cama dá azar

Chávena – Se encher uma chávena de chá a mais, isso significa que terá uma visita indesejável em breve.

Despedidas – Nunca se deve despedir de um amigo numa ponte pois jamais o verá!

Escada – Passar por baixo de uma escada trás azar.

Espelho partido – sete anos de azar!! 

Estrela Cadente – Ao ver uma estrela cadente, peça um desejo, pois vai realizar-se!.

Facas: cruzar facas numa mesa aquando de uma refeição, atrai infelicidade ou  desgraça.

Ferradura: Pendurar uma ferradura acima da porta trás boa sorte



Hoje é Sexta – feira 13 Dia do Azar!

E para matar a curiosidade … Qual a origem desta data misteriosa?

sexta_feira13Esta superstição pode ter tido origem no dia 13 de Outubro de 1307, sexta-feira, quando a Ordem dos Templários foi declarada ilegal pelo rei Filipe IV de França; os seus membros foram presos simultaneamente em todo o país e alguns torturados e, mais tarde, executados por heresia.

Outra possibilidade para esta crença está no fato de que Jesus Cristo provavelmente foi morto numa sexta-feira 13, uma vez que a Páscoa judaica é celebrada no dia 14 do mês de Nissan, no calendário hebraico.

Recorde-se ainda que na Santa Ceia sentaram-se à mesa treze pessoas, sendo que duas delas, Jesus e Judas Iscariotes, morreram em seguida, por mortes trágicas, Jesus por crucificação e Judas provavelmente por suicídio.

Além da justificativa cristã, antes disso existem duas outras versões que provêm da mitologia nórdica que explicam a superstição. Na primeira delas, conta-se que houve um banquete e 12 deuses foram convidados. Loki, espírito do mal e da discórdia, apareceu sem ser chamado e armou uma briga que terminou com a morte de Balder, o favorito dos deuses. Daí veio a crendice de que convidar 13 pessoas para um jantar era desgraça. Há também quem acredite que convidar 13 pessoas para um jantar é uma desgraça, simplesmente porque os conjuntos de mesa são constituidos, regra geral, por 12 copos, 12 talheres e 12 pratos.

Segundo outra versão, a deusa do amor e da beleza era Friga (que deu origem a frigadag, sexta-feira). Quando as tribos nórdicas e alemãs se converteram ao cristianismo, Friga foi transformada em bruxa. Como vingança, ela passou a se reunir todas as sextas com outras 11 bruxas e o demônio, os 13 ficavam rogando pragas aos humanos. Da Escandinava a superstição espalhou-se pela Europa.



PAGE TOP
Pular para a barra de ferramentas