gato gigante

Garfield, o gato obeso comedor de lasanha das histórias em quadrinhos, ganhou um ‘clone’ no mundo real. Orazi, 16 kg – 13 a mais que um animal de sua raça – mora na cidade de Eupilio, na Itália.

Sua dona, Laura Santarelli, não sabe dizer se Orazi sofre mesmo de obesidade ou se é apenas geneticamente “avantajado”. O bichano, no entanto, consome três vezes mais ração que um animal “normal”.

Segundo reportagem do jornal britânico ‘Telegraph’, Orazi é o símbolo de um problema que tem crescido em todo o mundo: o da obesidade entre animais domésticos.

Só na Inglaterra, há 2 milhões de cachorros acima do peso ideal. Em 2007, uma pesquisa constatou que um em cada três cães sofre de obesidade no país, um crescimento de 9% em relação ao ano anterior.

A obesidade afeta os bichos domésticos da mesma forma que é prejudicial aos humanos. Cães e gatos obesos têm o coração sobrecarregado, problemas respiratórios, diabetes e artrite.

A solução é consultar um veterinário que, possivelmente, vai recomendar uma dieta especial para o animalzinho acima do peso.

[BBL]gato obeso,gato gigante,gato gordo,Garfield,Itália,obesidade,doença,animal,bicho doméstico,veterinário,dieta [/BBL]