Especialistas alertam: o uso de sapato alto na infância pode causar sérios danos aos pés e à coluna das meninas.

saltoinfantil

Está tramitando na Câmara do Deputados um projeto de lei proibindo a venda de salto alto, com altura superior a dois centímetros, para crianças de até 12 anos.

A proposta reacende o sinal vermelho para os pais. Afinal, subir no salto na infância, pode ser prejudicial?

Em recomendação ortopédica pediátrica, aconselha a utilizar os sapatos confortáveis que deixem os pés das meninas no chão

Além de comprometer a anatomia do arco do pé, a coluna também pode ser prejudicada com a brincadeira de antecipar etapas

Para manter o equilíbrio nas alturas, o centro de gravidade é deslocado para frente, o que pode alterar a forma de andar e provocar lesões na coluna ainda imatura

Outro problema está relacionado ao encurtamento da panturrilha, que pode gerar dores musculares e articulares. O calcanhar também está em formação até os cinco anos de idade, e o uso de sapatos inadequados por comprometer o desenvolvimento da estrutura óssea dessa região.

Saiba mais

A anatomia do pé da criança

O pé da criança é um molde de cartilagem, que vai se ossificando. Somente por volta dos 13 anos é que esse processo é concluído.

O pé cresce, no caso das meninas, até dois anos após a primeira menstruação.

O caminhar

Quando a pessoa caminha, ela apóia  peso do corpo em um tripé: no calcanhar, na ponta do primeiro e do quinto ossos metatarsianos, ou seja, do dedão e do mindinho, respectivamente. Assim, o pé forma um arco.

Se está de salto, o apoio muda, alterando  a curvatura do arco e pode provocar dor e calosidades mito precocemente

O calçado ideal

As crianças devem usar sapatos confortáveis, macios (para evitar bolhas) e sem salto

O bico do sapato deve permitir o livre movimento dos dedos. Tênis são bem indicados. Se for escolher sandálias com tiras, prefira as de modelos mais largos

Os sapatos também não devem apertar os dedos. Isso pode deformar os dedinhos em crescimento.

Os pés das crianças crescem muito rapidamente. Tenha certeza de que o sapato comprado meses atrás não esta apertado.

De maneira geral, os sapatos infantis dever, ter o contraforte (componente que deixa firme a parte traseira do calçado) mais resistente para segurar bem o pé da criança.