O aparelho serve para colocar os dentes no lugar certo, deixando-os mais bonitos e facilitando a mastigação e a digestão. Além disso, ele melhora a fala de algumas pessoas e também evita o acúmulo de sujeira que costuma ocorrer entre os dentes tortos.

O melhor momento para colocar um aparelho fixo é após a troca dos dentes de leite pelos permanentes, o que acontece entre os 10 e 11 anos. Se você acha que seu dente é “torto” converse com seus pais para consultar um ortodontista – dentista especializado em colocar aparelhos.

Quem usa aparelho deve redobrar os cuidados com a higiene, pois ele retém muito mais comida nos dentes. Então, tenha sempre uma escova dentária com você e escove após qualquer refeição.

Além do aparelho metálico, existem outros tipos que são chamados de “invisíveis”. Estes aparelhos estéticos podem ser de resina ou porcelana. O primeiro tipo é um pouco mais fraco, enquanto o de porcelana é bem resistente, porém, ambos precisam de mais cuidado que o metálico, que é o mais forte.

Para facilitar a higiene, existe uma escova conhecida como unitufo, que alcança melhor a sujeira entre os dentes e os fios do aparelho. E peça ao seu dentista um passa-fio, que parece uma agulha grossa. Com ele, será bem mais fácil passar o fio dental antes da escovação.

Alimentos duros como torradas, bolachas, azeitonas, algumas carnes, balas, entre outros, devem ser evitados, pois são mais fáceis de acumular em volta da pecinha do aparelho, o que pode causar placa e, consequentemente, uma cárie.