Maître (ao freguês que chega) – É pra jantar?

Freguês – Não, é pra jogar tênis. (pausa) Tem raquete? Não? Então agente aproveita e janta.

 

Garçom (para o casal que senta a mesa) – É pra dois?

Homem – Não, eu vou comer e ela só vai ficar assistindo.

restaurant

Mulher (ao marido que chega em casa todo molhado) – Está chovendo?

Marido – Não, é que todo mundo resolveu cuspir em mim

 

Amigo 1 (encontrando o outro saido do cabelereiro) – Cortou o cabelo?
Amigo 2 – Não, caiu.

homem careca

Reporter de tv (para o senhor subindo a escadaria da igreja de joelhos)

– Pagando promessa?

Senhor – Não, é que eu sou muito alto, então eu ando assim pra não chamar atenção.

rezando de joelhos

Dona de casa (abrindo porta para o convidado) – Oi, você veio?

Convidado – Não, não sou eu não, é outro.

 

Namorada (recebendo flores) – São flores?

Namorado – Não, são cenouras.

 cenourinhas

Namorada (na porta do cinema encontrando namorado com capacete na mão)

– Veio de moto?

Namorado – Não, eu vim com isso na cabeça pra não despentear o cabelo.

 

Chefe ( no escritório) – Voltou de férias?
Empregado – Não, ainda tô lá.

 

Ascensorista (no térrio, para o hóspede que chega) – Sobe?

Hóspede – Não, eu quero só ficar dentro do elevador.elevadorsubindo