pandaOs pandas adultos todo mundo conhece. Mas é mais raro quem já tenha visto a imagem de algum filhote dessa espécie que se tornou o símbolo da luta pela preservação da fauna em todo mundo.

O ser rosado da foto da esquerda é um pandinha com apenas poucos dias de vida, quase sem pelagem e não lá muito encantador.

Na direita, o mesmo bicho aparece algumas semanas depois, ainda meio “despenteado”, mas já com os característicos pelos pretos e brancos, e com um simpática expressão de quem parece estar dizendo “oi, sou mesmo um panda”.

O bichinho nasceu no Centro de Conservação e Pesquisa do Panda Gigante, na reserva natural de Wolong, na China.