inverno

A mitologia grega conta a origem do inverno da seguinte forma: Perséfone (ou Prosérpina, para os romanos) era filha de Zeus, o deus dos deuses, com Deméter, deusa da agricultura, da terra fértil e das estações do ano. Um dia, Hades, o deus da escuridão e do inferno, apaixonou-se por Perséfone e a raptou.

Inconformada e entristecida, Deméter saiu em busca de sua filha. Enquanto Deméter permanecia fora de seu lar (o monte Olimpo, lar dos deuses gregos), a população começava a sofrer com a escassez de alimentos, pois a deusa não zelava mais pela fertilidade da terra. Então, Zeus, ciente do que ocorria, negociou com Hades a seguinte solução: Perséfone passaria seis meses com ele e os outros seis meses com sua mãe, para ajudá-la no plantio e na colheita.

Quando Perséfone estava longe de sua mãe, as árvores perdiam as folhas, os pássaros calavam-se e o frio caía sobre a terra. Era justamente o período do inverno.